17

05/2017

Não Seja um Porque de Alguém!


 

Oieee Meus Amore, Tudo Bem? Esse post é para reflexão. Recentemente assisti a série 13 Reasons Why e confesso que estava um pouco relutante em fazer um post aqui por motivos obvio, as pessoas dizem  que a série virou modinha, pois bem vou compartilhar sim e não pense que isso é modinha.

Quando comecei a assistir a série pensei de cara: Nossaaaa ela suicidou por essas coisas banais? Pode ser banais para nós, mais para quem está com o emocional fraco, isso é uma bomba relógio não é mesmo?

Quem nunca chamou o colega de gorda(o), de Magrelo(a), quem nunca brincou pesado com alguém achando que estava fazendo mídia e nada mais? É engraçado brincar com os outros não é? Agora imagine alguém brincando com você assim, será que seria legal?

Eu particularmente sei como é chato essas “Brincadeiras” de mal gosto. Lembro que por ser baixinha e a gordinha da turma sempre tinha os engraçadinhos para me chamar de gordinha, baixinha e tal, mais como nunca me machuquei emocionalmente por isso, mais não quer dizer que quando estava deprimida isso me chateou muito.

Não Seja um Porquê de alguém, seja luz na vida dessa pessoa. Um Bom Dia, uma pergunta como a pessoa está pode fazer muita diferença na vida de uma pessoa, já imaginou que Você pode ter contribuído para um suicídio de alguém? Pense nisso, o minimo detalhe que seja pode contribuir para alguém ficar mal ou não tudo dependerá de suas atitudes. Como na série os porquês que levaram a Hannah ao suicido foram tão banais em algumas ocasiões em nosso ponto de vista, mais para ela foram fortíssimos, sabe porque? Porque ela já estava debilitada e a unica coisa que ela queria era um pouquinho de respeito e nada mais. Vamos  refletir mais em nossas atitudes e pensar se aquilo que estamos falando, fazendo e agindo não irá ser um porquê na vida de alguém…

E Se você ainda não assistiu a série corre lá na Netflix e assiste para refletir um pouco mais sobre esse tema tão pouco falado, mais muito visto na prática hoje em dia..


E ai amores, alguém já passou por alguma situação parecida? Me conte…

Bjos e até a próxima <3

Tags: , , , , ,
                
           

16 Comentários

  1. Essa serie foi um daqueles casos onde quando tá todo mundo assistindo, um monte de gente faz campanha sobre não a Bulliyng e tudo mais, mas a hippe passou. Eu ainda acredito que a mensagem que a série passa é de extrema importância.
    Só um comentário sobre seu texto. Eu não acredito, nem um pouco, que sofrer um estupro seja algo banal.

    Vidas em Preto e Branco

    • Ádina Oliveira disse:

      Oi Larissa, acredito nisso também. Todos nós deveríamos falar mais sobre esse assunto tão frequente no dia dia neh. Pode deixar que abordarei outros temas sobre isso. Bjos

  2. Oiii, adorei seu post, precisamos estar atentos as nossas palavras e atitudes em relação ao outro, para não esse porque, parabéns pela postagem. Quero assistir em breve a série.

    Beijos

  3. Ainda não li o livro e nem assistir ao filme. Disseram que eu não lesse e nem assistisse na fase em que estou. Mas estou curiosa para tal. Adorei sua postagem.

    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

  4. Olá, adorei o artigo, pois é, difícil entender porque alguém dá fim a própria vida, recentemente tem acorrido com músicos, mas é uma doença, questão médica mesmo.

  5. Diego França disse:

    Olá, Ádina!
    Eu assisti a essa série e fiquei muito tocado com o que vi. Acho que falta muito a questão da empatia na vida das pessoas. Se não for sobre elas, o resto que se exploda. E a maioria das pessoas não estão interessadas em saber o que o outro sente, elas querem suprir a necessidade de ser visto, ser popular, ser temido, etc, e esse egoísmo e vaidade é capaz de cegar. POucos são os que percebem um gesto ou um olhar necessitando carinho.

    É preciso falar sobre depressão mesmo, sobre suicídio, e sobre como é preciso ter cuidado com o que diz e faz para o outro. Afinal, como você mesma disse, cada um recebe a “brincadeira” de maneiras diferentes.

    XOXO, Di.
    http://www.blogvidaeletras.blogspot.com

  6. Valéria disse:

    comecei a assistir mas tava achando tão boring que nem conclui ainda… eu tenho certo pé atrás com a série e toda a polêmica que ela gerou… enfim… mas qualquer hora eu tento concluir…
    bjs…

  7. Alice Martins disse:

    Olá, tudo bem?

    Quando assisti a série fiquei dias refletindo sobre tudo que tinha visto e como coisas que as outras pessoas enxergam como banal possuem uma grande importância em outra visão. Tive alguns papos sobre a série com amigos e cada um possuia uma visão diferente, mas que depois de tanto debater houve linearidade. É muito importante sabermos lidar com as nossas palavras, medi-las é fundamental. Excelente post para discussão!

    Beijos!

  8. Keep N´Pop disse:

    Quando lançou a série eu assisti logo.Os temas abordados são bastante importante e nos fazem refletir sobre a maneira que tratamos uma pessoa e nem nos importamos como ela se sente á isso.Não devemos mesmo,banalizar o sentimento do outro ou se aproveitar deles para tirar vantagem. Bulliyng é muito sério.

  9. Cris Santos disse:

    Como não sou fã de série não assisti porém ouvi falar muito da série, algumas até negativas, adorei seu post vou até dar uma olhada na série bjs.

  10. Talyta Xavier disse:

    Não assistir a série, mas como todo mundo estava falando e comentando a respeito dela é praticamente impossível não saber do que se trata, achei seu post muito interessante, realmente devemos refletir e tomar muito cuidado para não ser um porque na vida de alguém!

  11. marya souza disse:

    boa tarde, como vai?
    eu ja assistir essa serie, é uma uma serie realmente muito triste mas que é muitas realidades que nao vemos

Deixe o seu comentário!

Cancelar Resposta

         
Copyright © Todos os direitos reservados Ádina Oliveira - Design e programação por: Marih Design